“10 coisas porque você deve terminar um namoro se as coisas não vão bem”

Pensando em uma longa que tive ontem, com uma amiga muito querida, cheguei a algumas conclusões, nas quais eu realmente acredito, porque não devemos levar um relacionamento a diante se ele não nos está mais fazendo tão bem…

 

1 – Brigas, brigas e mais brigas

Pra que namorar uma pessoa que você não consegue ter uma conversa estável, e só brigam? Se for para ficar brigando, não vale a pena, o namoro tem que ser algo que te faça bem!

 

2 – Namorado (a) que só diz “isso não”

Vale a pena ficar com uma pessoa que só sabe dizer “isso não?” LÓGICO QUE NÃO… Frases como: essa amiga (o) não, ess roupa não, esse lugar não… Pegue e fale… Você também não!!!

 

3 – Cobrança excessiva

Você namora com uma pessoa não com banco que adora cobrar taxas e juros… Se a pessoa te cobra coisas deecessárias e isso virou uma rotina, comece a se cobrar também, porque está com ela…

 

4 – Ciúmes exagerado e bobo

A pessoa tem ciúmes dos seus amigos, da sua família, do seu cachorro, e até sa sua sombra… Na boa, manda ele passear… Porque se você está com ele tem alguma motivo.

 

5 – Desconfiança

A pessoa não confia em você e muito menos acredita no que você diz, por isso manda você se afastar dos seus amigos e do que te fazia bem. Isso vale a pena? Vale a pena namorar com quem não confia em você? O namoro não deve ser a base de confiança?!

 

6 – Grude

Tudo bem que começo é legal ficar junto da pessoa por muito tempo e que esse tempo é delicioso, mas convenhamos…. Grudar toda hora é chato… pessoa que liga de 5 em 5 minutos para dizer nada, ou ainda tentar inventar um assunto não tem nada a ver.  Além do mais, eu tenho mais do que fazer!

 

7 – Falta de respeito

Fale comigo como você fala com sua mãe, não sou seu cachorro pra você ser mal educado (a) comigo. Além do mais, até os animais merecem respeito.

 

8 – Comparação

Você tem o direito de ter tido mil e quinhetas namorados (as) antes de mim, mas não me compare, eu sou uma pessoa e ela é outra!

 

9 – Namorado (a) que exige mudanças

Namorado (a) que exige que você muda seus hábitos, mude seus amigos, mude suas roupas, mude até de endereço….

 

10- Barraco

Namorado (a) que faz barraco, fala alto, faz escândalo, chantagem emocional…. Isso é ter falta do que fazer..

 

Bom, é isso… se você leva um namoro assim ou já levou, sabe do que estou falando. Repense seus conceitos e seu relacionamento e tenha sempre em mente, que você é melhor e pode arranjar alguém muito melhor para passar bons momentos. Aproveite a vida, porque ela é curta!

 

59 pensamentos sobre ““10 coisas porque você deve terminar um namoro se as coisas não vão bem”

  1. Bom todas as frases são verdadeiras, concordo, mas imagian namoro uma pessoa com 2 filhas pequenas e de pais diferentes, e até agora ela não tomou providencia ainda sobre divósio, um dois pais da filha dela nem visita a filha e ela acredita que ele vai cmpri com a palavra para ajudara filha, e outro pai era ausente agora que estou com ele quer afzer média para filah , visitar a filha com frequência, trazer presente ,e amãe tira proveito disto, e ta enrolando para dar o divócio, qual seria sua atitude se foi eu ?

    • Bom, Fabio, sua situação é difícil… Imagino como deve estar sendo ruim isso para você. Sabe, eu costumo sempre medir o que vale mais a pena.. Será que essa pessoa está sendo para você tudo o que você é para ela e para as filhas dela? E, se o ex reaparece e ela tira proveito, será que ela realmente o esqueceu?
      Converse com ela, em um relacionamento não há nada que substitua a franca conversa, exponha suas dúvidas… Caso, ela responda negativamente ao que você quer, parte pra outra, a vida continua apesar das perdas.

  2. Namorei um rapaz dependente quimico e o amei muito! Tanto que o acompanhei por 03 internações e recaidas. Por fim engravidei dele e tenho uma linda filha que é um amor! não pretendia mais ficar com ele mas as circustancias me fizeram tomar uma atitude de tentar novamente. Estava indo mais ou menos bem quando minha filha de 13 anos me relatou que ele andava com uns papos meio estranhos do tipo querendo ser o melhor amigo dela. Por fim, ela me relatou que ele a abordou querendo saber se ela ja tinha visto site pornografico e inclusive quis abrir alguns videos do youtube. Hoje, está louco para voltar dizendo que tudo não passou de um mal entendido e que ele jamais teve intenções sexuais com minha filha e coisa e tal… na verdade ele nunca tinha demonstrado nada de anormal. Ate a psicologa dele me ligou defendendo o lado dele dizendo que eu não conheço a mente de um dependente quimico e que ele jamais quis fazer falgo de errado com ela. Minha familia que ja não gostava tanto dele agora o odeiam mais ainda. Não sei mais como conduzir esta situaçao, ele vai na minha casa e fica no quintal com a bebê o tempo todo que vai visita-la pois minha familia não o quer dentro de casa… estou confusa e fico triste por minha filhinha, não sei como será o futuro, o que vão falar do pai perto dela, não sei se precipitei ao contar o fato a toda a minha familia (acho que sim). Hoje, ele promete mundos e fundos e diz que quer assumir eu e minha filha. Ele não está usando drogas, está malhando e frequenta o grupo NA. Sei que posso parecer uma burra mas sinceramente é muito dificil tomar uma decisão e mesmo porque ele não quer aceitar o fim. O que faço? Obrigada.

    • Leda, não sei até que ponto conseguimos dizer o que é certo ou errado, estando fora da situação… Se você ficou junto dele, nos momentos mais difíceis, e superou.. Isso pode ser um bom sinal. Mas, agora você tem uma coisa a mais pra se preocupar. A filha de vocês. Não sou mãe, mas imagino que quando somos, tudo gira entorno dos nossos filhos.
      Bom, vou dizer o que eu penso, afinal de contas não sou nenhuma especialista, mas acho que vale a pena tentar enquanto tivermos forças para suportar tudo… A partir do momento em que estiver nos fazendo mal, não vale a pena… Você tem que ir até onde aguentar!

      Boa sorte!

    • Poxa Leda, sei que não sou a Fernanda e que a pergunta não foi para mim, mas não pude conter de dar essa opinião. Por que um homem iria convidar uma adolescente a ver vídeos pornográficos? Caramba, eu sei que vc tem uma filhinha beb~e, mas por favor, no fundo vc sabe o que leva um homem a fazer tal coisa. Ele queria ver um vídeo de pessoas transando na presença da sua filha por que? Ah, não seja cega Leda, pensa que Deus nos confia os filhos e que HOMEM nenhum vale mais que eles. Vc vai reatar com ele? E esperar ele abusar da sua filha moça, para quando ela tiver 20 anos te contar? Como tanto acontece pq a mãe está tão cega que a filha não tem nem coragem de contar, além do medo! Por favor, pense na sua filha de 13 anos, que tbm já foi um bebê e sempre será para vc e proteja-a! Ela tbm merece sua proteção! Vc não precisa de homem para ser feliz e sim dos seus filhos sãos e salvos! Pense nisso!

      • Paola, muito obrigada pela mensagem, valeu mesmo!!! ainda vivo o dilema em minha vida, não estou com ele mas ele não me deixa em paz!!! vivo pedindo a Deus respostas e agora exatamente às 23:42 li sua mensagem o que me fez refletir e pensar que Deus está enviando respostas e sou eu que não quero ver… decidi me afastar dele mas ele disse que nunca vai me deixar e inclusive me ameaçou… mas vou seguir seu conselho e não vou ceder. Peça a Deus por mim e muito obrigada amiga!!! você tem razão os filhos é o melhor que temos em nossas vidas. Obrigada mesmo e se quiser pode me mandar mensagens o quanto você quiser. Leda

      • Amiga Leda, fico muito feliz por poder ajudar! Vou pedir a Deus por vc, que te ilumine os pensamentos e que te oriente para o melhor. Se esse moço te ameaçou até, não tem nem mais o que ele possa fazer para te provar que ele não é o homem que Deus sonhou para você. Já passei por isso na minha vida, tive até muito medo, parecia que nunca teria fim… Mas pedi muito a Deus que tirasse essa pessoa da minha vida, e assim Ele me abençoou, claro que tive que resistir muito.
        Fiquei um bom tempo sozinha, comigo sabe? Me conhecendo melhor, entendendo onde foi que errei, e vi que errei quando permiti que me tratassem assim. Aprendi a me impor, orava muito…Cheguei a achar que não encontraria alguém bom sabe? Até que um dia sem esperar, conheci a tal pessoa que pedi p Deus, que me respeitasse, me amasse, fizesse de tudo por mim, e como eu já tinha um filho, pedi que essa pessoa amasse meu filho como se fosse dele, e Deus fez assim amiga! Hoje estamos casados, ele ama meu filho e meu filho a ele, e tivemos um outro bebê q tem 6 meses! Aquela outra pessoa sumiu já tem uns 5 anos, foi um livramento de Deus mesmo! E Ele assim fará por vc tbm, mas vc tem que ser firme e resistir! No momento certo Deus vai te livrar, e ainda trará p sua vida alguém que te ame e te respeite, e aos seus filhos! Creia! Tenha fé! Se esse moço continuar te ameaçando, faça uma ocorrência, quem sabe ele não vê que você não está brincando?! No que precisar, conte comigo! Pode me escrever p/ meu email se quiser: paolamachado01@yahoo.com.br
        Que Deus te abençoe! Confia!

  3. Tenho 17 anos e meu namorado 18. estamos juntos ha 2 anos e meio. São brigas atras de brigas grande parte por minha culpa, pq errei muito com ele, ele me desculpo mas vive voltando a tocar no assunto e agt briga, nao curti minha vida, minha adolescencia ele detesta sair, destesta minhas amizades, nao sei mais se vale a pena ficar com ele, tenho certeza absoluta que ele me ama muuuito, e eu também amo ele, ele e todo fofo comigo e tals mas nosso namoro ja é mt rotina, mt mesmo, nao sei se vale mais a pena perder minha juventude assim, tenho vontade de sair e curtir a vida, mas tbm nao sei se vale a pena largar uma pessoa que me da valor, honesta, carinhosa e que me ama para curtir.
    Estou mt dividida, eu sou feliz, mas me falta algo. nao sei se vc me entende. :S

    • Gabi, que situação difícil… Todo mundo que namora desde cedo e há alguns anos já teve as dúvidas que você tem… Se pensarmos bem ambas as vidas tem muitas vantagens, a de solteira, e a de comprometida…
      O melhor a se fazer é não agir por impulso nessa hora, pois você poderá se machucar e machucar alguém que ama… Mas, também não dá para viver brigando. Nenhum amor desse mundo se sustenta por muito tempo assim, as brigas desgastam, ferem, e magoam… Nessas horas falamos o que não queremos e por consequência ouvimos o que também não nos agrada.
      Mas sabe, se tem uma coisa que eu acredito é a conversa… Ele não gosta das amizades. Ok, mas por quê? Algum motivo deve ter… Ciúmes? Pode ser, mas ciúmes tem um limite para ser saudável… Ele não curte sua vida? Como assim? Pera aí né… antes de vocês terem um relacionamento, vocês tinham vidas paralelas, que devem ser mantidas independente de qualquer coisa… Não é porque você namora, que precisa viver grudada no seu namorado 24h por dia…
      Já tive amigas que viveram assim, acabaram deixando as amizades de lado e quando o relacionamento acabou se viram sozinhas…

      Se posso te dar um conselho é: coloque tudo na balança… o que você quer para SUA vida? quem você quer nela? tudo isso é amor ou comodismo?

      pense, mais pense muito mesmo… não aja por impulso e de cabeça quente e converse com seu namorado. Ache uma saída para isso, consigam achar um caminho onde os dois fiquem felizes… É o melhor que você pode fazer para você, e para ele…

      Boa sorte!

      E se precisar, volte aqui … bjo

  4. Olá…

    Namorei com uma pessoa por 2 meses e engravidei. Durante toda a gravidez vivemos separados e quando nosso filho nasceu, decidimo morar juntos. O primeiro mes foi maravilhoso. Mas depois, vi que ele não queria saber de trabalhar, nem estudar, bebia todos os dias e fumava cada vez mais. Me ajudava muito pouco com nosso filho e ficava a madrugada toda jogando buraco. No outro dia quando ele acordava, quase na hora do almoço, e eu falava pra ele ir tentar um serviço, ele dizia ue os clientes deveriam vir atras e não ele ir procurar clientes. E, enquanto o pai dele pudesse sustentar, ele iria aproveitar. O pai dele é bem de vida. Depois de 3 meses morando juntos, resolvi sair, porque fui mandada embora da empresa que eu trabalhava e vi que meu dinheiro de rescisão iria ser gasto a toa. Eu ainda gosto e sei que ele tb gosta, mas nao quero isso pra minha vida: sustentar alguém. Será que vale a pena tentar de novo??

    bjs

    • Sarah, que situação mais complicada… Sei o quanto é difícil nos afastarmos das pessoas que amamos, por mais que as vezes, essa seja a melhor decisão…
      No seu caso, acho ainda mais complicado por vocês terem um fruto desse amor…
      Mas, tem uma coisa que eu aprendi (aliás, estou aprendendo), é que temos que ver até que ponto eu quero uma pessoa assim pra minha vida. Será que essas atitudes, irresponsabilidade , e virar mãe do seu “marido” é o que você quer para vida?
      Ou ainda está em tempo de recomeçar de um outro ponto e se dar outra oportunidade… Dar a você uma nova chance?
      Acredito que você também deva colocar a educação e o exemplo que seu filho está recendo do pai. Nosso pais sempre são um espelho a nós… Lógico que isso não tem a ver, com o convívio deles como pai e filho, mas como uma pessoa que ele espelhará no futuro.

      Pense, esfrie a cabeça e veja sempre o que é melhor a você. A sua felicidade, e consequentemente, de todos que te amam a sua volta, só depende de você!

      Talvez você só precise arriscar para o novo, se dar novas oportunidades e se desprender do velho.

      Boa sorte e precisando… estou aqui!

      beijos

      Fernanda Santos

  5. Relacionamento hoje em dia é algo que não da certo pra ninguém. Eu até acreditei que algo pudesse realmente durar, mas aí você vai conhecendo a pessoa, o encanto acaba e parece que ninguém nunca será o suficiente pra você, nunca será como um amor de mãe pra filho, de filho pra mãe, de irmão pra irmão, um amor que dure até o fim… Parece até mesmo que se esgotam os recursos pra manter aquele relacionamento VIVO, você fica sem saber o que fazer afinal o amor entre homem e mulher hoje em dia eu posso dizer que sim, é mito! amor é algo que dura até o fim das nossas vidas e se não durou certamente não foi amor, foi um gostar, uma paixão talvez… Sei lá queria apenas desabafar… Namoro e minha namorada não tem me feito nada do que eu possa definir como “demais” mas já ta me dando nos nervos a forma dela de ser como pessoa, nem era assim no começo mas até o jeito dela me irrita e sei que o problema não está comigo é que as pessoas mudam mesmo e isso é muito estranho… E quando desabafamos sempre vem alguém pra tentar aconselhar mas na boa, não quero conselhos, quero pelo menos uma vez na vida manter a minha opinião e segurar o que eu sinto, quero poder dizer que é isso mesmo e que não é ego, que eu apenas fosse entendido e nada mais… talvez estejamos mais preocupados em suprir os nossos desejos do que mesmo perder o tempo com algo sem retorno, ou com retorno provisório, afinal a natureza humana é estranha e somos assim mesmo… melhor viver sozinho e curtir um “amor passageiro” do que ficar na mesmice de um relacionamento monotono, e que se for pra se esfriar que seja como uma comida, que seja rápido e que não continue frio pelo resto da vida

    • Oi Vanessa, tudo bem?
      No decorrer desses anos já li muita coisa e dei alguns conselhos, não sei se eles eram os certos e nem se deram certo, mas espero poder te dar uma luz no seu relacionamento.

      A base de qualquer relacionamento é muito maior do que simplesmente amor, afinal de contas o amor é construído nas nossas vidas com a soma de algumas coisas: respeito, confiança e admiração são só alguns dos ingredientes…
      Pelo o que você falou me parece que está faltando confiança na sua relação… Se você confia nas palavras do seu namorado, não deveria dar ouvido ao que os outros falam. Mas por outro lado, se você pergunta a ele e mesmo assim leva em consideração a suposta traição, pode ser que sua desconfiança tenha um motivo.
      Pense até que ponto vale a pena ficar com uma pessoa que você não confia. Suas dúvidas só tendem a aumentar no futuro e isso pode prejudicar sua relação em qualquer fase.
      Confie em você, confie no outro e depois confie nos dois!

      Boa sorte!

  6. amei tudos os conselhos voce tem muito futuro as vezes me sinto como voce tenho meu lado critico muito espontanio bem queria muito um dia poder conhecer voce para gente conversar um pouco sou de cascavel ceara estudo na escola EEEP EDSON QUEIROZ meu nome e NAIRIS NASCIMENTO SILVA THAUUU BEIJOS

  7. Ola,namoro faz 3 anos ja, poren ele eh extremamente ciumento,esta ficando cada dia pior,ele gosta muito de mim e eu dele,mas morro de medo de como seria meu futuro com uma pessoa assim. Ja conversamos diversas vezes e ele nao muda e da ultima vez que brigamos semana passada resolvi pedir uma semana de tempo e conversaremos essa semana. Amo ele,tenho medo de terminar e sentir falta,pois esta dificil encontrar um cara legal,fiel e serio como ele,porem convivrr com uma pessoa extremamente ciumenta,que arranja motivo em tudo pra brigar e nao consegue mudar nao eh facil,oq vc faria?? beijos

    • Olá Larissa, como vai?

      Antes de qualquer coisa eu fico muito feliz em pelo menos tentar te ajudar…
      O ciúmes é uma coisa que já existe dentro da gente desde que nascemos. Quando crianças temos ciúmes dos nossos brinquedos, nossos colegas e as vezes até dos nossos pais. Depois ficamos mais velhos e começamos a ter ciúmes das nossas relações afetivas, sentimentos aquele medo de perder o namorado (a)… Mas, se pararmos para pensar o ciúmes comparado ao medo de perder é uma relação de posse muito maior do que ao amor as vezes não é?

      Então pare para pensar, você tem medo de perder seu namorado e ele a você, de um jeito de esse amor nunca mais volte a acontecer? ou você tem medo de perde-lo para outras pessoas?

      Tudo que interfere em nossa vida no nosso jeito de agir, pensar e se comportar negativamente precisa ser pensado para conseguirmos melhorar. Isso acontece com o ciúmes também, sentir aquele ciúmes bobo, e que não interfere no seu relacionamento não faz mal a ninguém, e pode ser até saudável, mas a partir do momento em que esse ciúmes começa a te privar de amizades, conquistas e atividades que te fazem bem é preciso por na balança, o que te faz bem, como te faz, o quanto te faz bem e o que você quer para sua vida…

      O que você da sua vida Larissa? Essa pessoa vai te ajudar a conquistar e somar pontos pontos positivos? O que te faz feliz?

      Pense em você primeiro, pois se nenhuma outra pessoa te colocará a frente em suas decisões!

  8. Muito bom o texto. Veio bem a calhar num momento o qual estou passando. Quando vi que o texto era de 2011 pensei que o blog já nem estava mais ativo, mas percebi que há alguns comentários bem recentes. Faz mais ou menos um ano que terminei com minha última namorada. Nós namoramos por quase um ano, alguns podem considerar pouco, porém, descobri com ela que tempo é relativo para relações. Depende da intensidade, da verdade, da quantidade e principalmente da qualidade de momentos marcantes e, principalmente, do diálogo. Quanto mais se conversa, mais se conhece, mais se descobre, mais se compreende. Enfim, apesar de muitas coisas boas terem acontecido, ao ler o seu texto, identifiquei pelo menos umas oito coisas ruins que estão em sua lista que aconteciam conosco… Enfim, foi muito reconfortante, pois me senti muito mal, na época e, as vezes até hoje, de ter tomado a decisão de por um ponto final. Olhando de hoje, talvez o motivo final que me levou a dar um basta tenha sido pequeno, porém, na época, haviam várias dessas coisas que você citou no texto que vinham acontecendo e outras mais… Eu havia perdido 7 quilos nos últimos 2 meses do nosso namoro e estava completamente estressado, angustiado e sem paciência. Tentava melhorar as coisas, mas sempre vinham mais e mais avalanches de cobranças, chantagens emocionais e desrespeito. É por isso que eu digo que é um grande perigo estar completamente apaixonado, pois muitas vezes não enxergamos o mal que de fato certas pessoas estão nos causando. Enfim, no que me restou de amor próprio e de sã consciência, consegui avaliar que estava mais perdendo que ganhando com aquela relação e consegui romper. Enfim, após o término, ela aprontou mais algumas de suas “agressões passivas” por meio de cartas, emails e mensagens de celular que só me fizeram crer mais ainda que havia feito a escolha certa. O duro é que quando se ama muito alguém essas coisas machucam, pois não esperamos e são golpes baixos. Ainda estou juntando os cacos. Prefiro passar um tempo refletindo no que sou e no que quero e aprender com os erros e armadilhas que estamos sujeitos para continuar evoluindo, sempre. Obrigado!

  9. Eu faço isso tudo,más com motivo.. No primeiro ano de namoro era tudo lindo ate eu pegar uns emails da ex foto de amiga pelada..
    a confiança acaba..
    tudo desmorona..
    por um tempo fui tudo citado acima..chata,desconfiada,barraqueira..
    mas agora não ligo mais..
    isso é sinal de que o amor esfriou..

  10. Ola, tudo bem?
    Gostaria de desabafar um pouco. Namoro ha 6 anos, o amo muito; ja passamos por varias coisas. Apos alguns meses de namoro, descobri que ele usava drogas uma ou duas vezes na semana. Surtei, ele decidiu parar, teve algumas recaidas mas se livrou de vez. Passamos por tudo isso juntos, ele superou a droga- ha mais de 3 anos. Hoje em dia bebe quando sai, nao sei o que o torna tao agressivo ao beber. Ele nao bebe sempre. Geralmente uma vez na semana, mas exageradamente de uma vez so, , muitas destas vezes acabamos brigando e de uns meses para ca, essas brigas tem se tornado sem respeito nenhum (antes tinham algumas brigas, mas nada igual hoje – por exemplo esse ano ja brigamos 4 vezes). Estou muito triste, investi muito nessa relação e agora que ele esta do jeito que sempre sonhei, num otimo emprego estou pensando em larga-lo, talvez ele tambem pense pois eu nessas brigas perco meu controle e falo coisas absurdas. Penso que ele tem alguma doença, talvez embriaguez patologica… ele e um principe dia a dia e as vezes, quando bebe se transforma em outro ser humano. Ofende, fala palavroes, ameaça de tudo…eu nao sei o que fazer, tenho medo de continuar casar e isso so piorar, levando a uma agressao fisica por exemplo, mas ao mesmo tempo por ele ser tao bom para mim acredito que possa melhorar.

    Eu ja fiz psicologo, psiquiatra, gosto mais do psiquiatra. Nao gosteo de fazer psicologo, meus desabafos com amigas me ajudava mais que ela….

    • Olha amiga, situação complicada a sua… mas acho que isso você já sabe e não estou falando novidade.
      Eu não sou psicóloga, nem psiquiatra… acho que nem entendo tanto da vida, mas falo com vocês aqui, como amiga, falo o que talvez eu faria se estivesse na pele de vocês.

      Acho que você segurou bem a barra por muito tempo, são seis anos de ano… isso é uma vida. Passaram por altos e baixos, enfrentaram coisas que muita gente deve ter julgado e não entendido suas decisões, e se você fez tudo isso, é porque o ama, ama a relação de vocês e vê futuro nisso. Mas, pelo que você me contou, agora um está perdendo o respeito pelo outro, e isso é o mais perigoso… por que sem respeito, tudo o resto acaba. Acaba a amizade, acaba os bons sentimentos e fica a incerteza que você está vivendo agora…

      Você disse que já passou por alguns profissionais na área da saúde, e ele, já procurou ajuda? Ou ele acha que não tem nada de errado?
      É normal as pessoas beberem um pouco, perderem a linha. Mas, não é normal você ofender quem ama, agredir, machucar seja física ou verbalmente…

      O quão disposta você está de encarrar essa situação?
      Talvez vocês precisem procurar ajuda juntos, seja de um profissional ou de alguém com quem vocês consigam se abrir… Ter medo do casamento e das coisas continuarem assim ou piorarem, acredito que seja normal. Casamento sempre é um passo muito grande, e essa sua incerteza é mais que natural com tudo isso que está vivendo…

      Em seis anos de relacionamento você o conhece muito bem, sabe que ele é forte para superar os obstáculos quando ele quer, vocês enfrentaram a questão das drogas muito bem. Talvez esse seja mais uma passo para darem juntos. Só que sem ofensas, sem mágoas, sem agressões…

      Tente uma conversa quando ele estiver o “príncipe” que você descreve. Abra o jogo, vocês já tem intimidade suficiente para isso… acima de tudo a sinceridade sempre é o melhor caminho!

      Boa sorte flor!

    • Sabe, eu penso assim… o amor é sentimento mais nobre que existe, pois nele aprendemos a dividir, a somar, a entender o outro, a se colocar no lugar do próximo, a respeitar, a abaixar a cabeça na hora certa… são tantas coisas….

      Aprendemos que o respeito deve existir em qualquer situação, seja nas boas ou nas ruins…

      Quando vemos e passamos por uma situação em que o nosso amor nos faz sofrer, magoar, nos humilha, é como perder o chão… Muitas vezes o sofrimento não é o que ele quer nos causar, mas acontece… E a gente que sofre nunca vai entender…

      Mas sempre vai ser tempo de recomeçar, mas antes disso precisamos nos amar mais, estarmos mais perto de nós mesmos, nos colocar em primeiro lugar. Só quando nos amamos, podemos amar outra pessoa.

      Acredito, de verdade, que você está fazendo bem refletindo um pouco. Você vai voltar mais forte e aberto a novas possibilidades. A gente nunca sabe o que as pessoas que surgem nas nossas vidas tem a nos oferecer, então aproveite cada momento….

  11. Oi tenho um namoradinho, faz uns quatro meses que estou com ele.
    Eu tenho uma filha e no momento moramos com a minha MÃE meu Padrasto, so que meu namorado não se signos interfere na personalidade ele é de aries. Pensava que ele era legal mas agora ele esta se mostrando uma pessoa ciumenta, ate da minha filha e sem contar que ele nem tem interesse de a conhecer e nem minha famiia.
    Acho q amo ele mas parece que ao invez de almentar esse amor parece e esta diminuino a cada atitude ridicula que ele toma e a pessoa ja tem 26 anos.
    Oq eu faço?

    • Oi Camila, desculpe pela demora em responder.
      Eu sei que cada pessoa tem seu tempo, mas você não acha que quatro meses é cedo demais para dizer em amor?
      Acredito que para você, como para qualquer mãe a relação com a sua filha vem em 1º lugar. A partir do momento que qualquer companheiro seu não respeitar isso, fica complicada a vida. Você diferente da maioria das mulheres, tem uma responsabilidade maior e para a vida inteira… filhos, pai e mãe sempre serão nossa obrigação!
      Se aos quatro meses você já está percebendo que não está legal, imagine aos quatro anos… O que isso pode se transformar?

      Tome cuidado, pense em você e na sua família em primeiro lugar!

  12. São boas dicas..No entanto é muito complicado. Moro com meu namorado a quase 3 anos, nos conhecemos por internet. Eu morava na Bahia e ele, em Santa Catarina. Conversamos por um tempo e eu decidi arriscar e ir atrás dele. Então hoje moramos juntos na casa da avó dele. A vó dele é um amor de pessoa, mas quem casa quer casa! Ele nunca quis sair, e agora eu simplesmente não aguento mais a convivência. Cheguei a planejar morar com uma amiga, pois agora estou longe de toda a minha família. Eu não sei se ainda o amo, pois não me sinto feliz ao lado dele nessa casa, e simplesmente não sei se melhoraria caso a gente se mudasse, sabe? Penso de “enjoei” da relação, da convivência. Eu trabalho muito, estudo muito e ele pouco me ajuda. Nós quase nunca saímos e isso deixa a relação muito monótona. Estou esgotada! Somos jovens, eu tinha apenas 17 anos quando começamos e vou fazer 20 em poucos dias, ele tem 21. As vezes penso que estou desperdiçando minha juventude, deixando de curtir pra me dedicar a ele (porque ele não gosta de festas nem nada do tipo). O que eu devo fazer? Terminar e ir morar com minha amiga pra aproveitar a vida ou devo persistir no relacionamento mais ainda?

    • Adriana, você é muito corajosa… mudou-se para um lugar longe da família e da sua zona de conforto e foi encarar um amor no outro canto do Brasil.
      A rotina, a falta de coisas novas, a falta de motivação muitas vezes nos fazem querer uma vida nova e isso não tem problema nenhum… Mas, é lógico que é muito mais fácil quando você não envolve outras pessoas, o que não é seu caso…
      Você é muito jovem, temos praticamente a mesma idade, e eu não teria a sua coragem. Você teve suas prioridades há três anos atrás e hoje está vendo que tem outras e que a pessoa ao seu lado não está te acompanhando.
      Talvez mudar já dê um novo ar e a relação se aqueça, ou talvez o sentimento tenha mesmo mudado.
      Acho que eu, no seu lugar, não desperdiçaria um amor que foi tão batalhado, tentaria outra alternativa, conversaria muito com ele e exporia meus lados, meu sentimento.
      Tente uma mudança, assim você saberá como ele reagirá e como a relação de vocês irá reagir com tudo isso. Pelo menos, quando essa história chegar ao fim, você não poderá dizer que não tentou…

      Boa sorte!

    • Termina logo com esse cara que ele nao ta querendo e nada mais talvez o amor tenha acabado, vai timbora aproveitar a tua vida, tua juventude vc ainda e jovem e tem muita vida pela frente deixa esse muquifu de lado vai curtir tua vida aproveita, novos amores irao aparecer pra vc!.. felicidade!!!!!

      • Da tanto tempo que comentei aqui. Acabamos por terminar mesmo! Depois disso as coisas so pioraram, e eu percebi que não amava e nem nunca tinha amado ele e vice versa. Hoje estou com um ex namorado de muito tempo atrás. Estou muito feliz com ele, pq ele é muito parecido comigo e se preocupa com meu bem estar. Meu conselho pra quem passou pelo mesmo que eu é: Termine! Depois de tudo ainda sai como ruim, acreditem.

      • Olá Adriana tudo bem?
        Sabe, posso não ser a expert em relacionamentos e muito menos ter dito mil namoros, mas gosto das relações que deixam uma lembrança boa, até um gostinho de saudade… Lógico que não aquela em que queremos voltar no tempo e viver tudo de novo, mas as que nos deixam com a sensação de que vivemos algo bom e que a pessoa entrou em nossa vida e marcou de forma positiva.
        Apesar de eu sempre pensar muito antes de agir, não gosto de ficar prorrogando sentimentos que não tenho certeza, e foi esse um dos motivos que fiz este post. Ajudei uma amiga, me ajudei e vejo muitas pessoas nesta mesma situação.
        Fico imensamente feliz de saber que você está feliz hoje, que você reencontrou seu porto seguro neste ex, que virou atual…
        Espero que ele dê o valor que você merece e que você saiba valorizar as qualidades de sua antigo/novo amor.
        Te desejo todo o amor dessa vida e muita sorte!

  13. eu estou em uma relação muito pertubada sou casada com um homem e agora estou tendo um caso com uma mulher mais ela me cobra tudo do meu passado dos meu amigos da minha familia o que devor fazer

    • Lidiane, você não é a primeira, nem a última a passar por essa situação. Quando você se envolveu com ela, essa pessoa já sabia do seu casamento?
      Ela aceita? Se continua com você, deve ser que sim…
      Talvez seja hora de pensar o que você quer pra você… continuar o casamento, continuar essa dupla relação, viver entre cobranças?
      Você tem que pensar em você. Pois, só somos felizes, quando estamos bem conosco… infeliz, não conseguimos nem fazer o outro feliz!

  14. oi preciso muito de um concelho, entao namoro um rapaz faz 3 anos e 5 meses e tem 1 ano que ele se envolveu com a maldita droga eu ja tentei o ajudar ele smp fala qu vai parar e não para, conversei com a irmã dele e ela falou pra mim da um tempo com ele pra vê se ele para pq se ele me amar verdadeiramente ele vai fazer de tudo para parar, iai oque vc acha? acha certo?

    • Wanessa, tudo bem?
      Já ouvi muita gente dizer que drogas é um caminho sem volta, mas também já li muita coisa de gente que com força de vontade deu a volta por cima. Eu acho que primeiramente a gente não pode abandonar essas pessoas e deixá-las sem rumo, por mais que isso seja o que muitas famílias fazem na hora do desespero, como se a pessoa deixasse de ser problema delas.
      Se ele já está envolvido nas drogas a um ano e você continuou ao lado dele, temos um bom motivo, você deve gostar muito dele e acreditar na sua recuperação.
      Independente de você levar esse namoro adiante, acho importante orientar a família e os amigos fora desse mundo, estar sempre presente, não abandoná-lo, orientá-lo e tentar entretê-lo para que ele não pense nas drogas. Amigos e família são fundamentais.
      Talvez você dar um tempo a ele, faça ele repensar que está perdendo as coisas que ama, mas também pode fazê-lo consumir mais… é uma questão de você que o conhece, analisar como é sua reação. Em que situações ele se droga? Por que ele foi buscar isso?
      E, se mesmo assim a barra continuar pesada, pense que você fez o que estava ao seu alcance!

    • Ei amiga, não sei se estou em bom momento de aconselhar alguém mas eu só me dei mal em apoiar um dependente químico… nossa como o amava, amava tanto que deixei de lado minha filha que tanto precisava de mim, ela tinha 09 anos de idade e agora tem 16 anos e tem um problema de saúde: bulimia e anorexia nervosa e só sei que sofro muito mas Deus tem nos ajudado. E quanto ao namorado dependente, me doei, me entreguei e me matei por ele e o que tive em troca: nada!!!! foram decepções atrás de decepções e a pior: o sujeito tentou abusar sexualmente da minha filha e ainda achava que era inocente e sinceramente me pergunto se esta falta de sentimentos seria por causa de anos de abuso do crack!!! não sei só sei que em nome de Jesus jamais me relacionarei com algúem que use drogas se eu puder ajudar com expectadora e não como companheira ainda vai. Analise bem e pense em você em primeiro lugar!!! a vida é bela e não vale a pena nos matarmos!!!! hoje estou sozinha e feliz com meus filhos e meus projetos e Deus acima de tudo!!! e vale a velha máxima: antes só do que mal acompanhada!!! durmi com a serpente e não sabia!!! beijos.

  15. Oi
    to vivendo ultimamente uma cituaçao dificil
    Sou solteira e moro com minha mae e irmãos
    tenho uma filha de 8 mes, minha vida e ela e gira em torno dela
    Namoro com um rapaz da minha idade 18 anos ah um mes e poco, so q ultimamente ele vem reclamando q eu nao ando tempo pra gnt sair a noite ,tempo pra gnt e ate pra sexo
    pq minha filha exige mt de mim , eu nao disse pra ele mas eu prefiro atender as necessidade da minha filha do q qualquer outra coisa , ele diz q me ama so q ultimamente vem me cobrando mt isso, nao sei oq q fazer , ate pensar em termina eu ja pensei mas nao sei oq fazer

    • Bruna, eu acho que você dar atenção pra sua filha e priorizá-la não é problema. É sinal de responsabilidade. E será assim, independente da idade dela.
      Vejo em minha filha e com amigas, que a partir do momento que você é mãe, primeiro vem os filhos, depois os filhos, em terceiro os filhos e só depois outras prioridades.
      Se o seu namorado aceitou começar um relacionamento sabendo dessa sua obrigação, ele tem que te apoiar. não ficar te julgando e muito menos de cobrando.
      Errado seria você ter um filho e deixar aí para a avó cuidar, tias e qualquer outra pessoa… mas, pelo que você me contou, você assume a responsabilidade de mãe.
      Eu acho que tenha necessidade de chegar para o seu namorado e dizer, minha filha em 1º lugar, até porque ele já deveria imaginar isso… Mas, se ele continuar te cobrando de coisas que você não tem condições de fazer, ou até mesmo não quer, vale a conversa.
      Melhor aceitar as coisas na base na boa e velha cobrança… se persistir a situação, coloque na balança… o que é mais importante para você?

      Qualquer coisa me escreva!
      Espero ter ajudado!
      Beijos

  16. Olá queria que me respondesse, bom namoro há 2 anos e ela sempre foi carente por atenção, estou fazendo faculdade e até largar uma faculdade eu larguei por ela, ,mas agora ele tbm está fazendo faculdade e adivinha onde? na mesma instituição que a minha ta um saco no onibos tenho que dar atenção e ela sempre se nao reclama, na faculdade acabou os amigos chego: fico com ela.intervalo estou com ela saio com ela volto no onibos com ela e nao posso falar com ngm que ela ja reclama dizendo que estou dando mais atenção aos amigos do que a ela nao falo com mulheres por ciumes dela e ainda pela manha vou ver ela nao aguento mais isso estou sufocadoooo me ajudemmm!!!!

    • Bom José, difícil a sua situação.
      Vou falar pra você, o que eu faria….
      Eu não sou uma pessoa que goste de ninguém que grude e me impeça de fazer o que gosto. Acho saudável termos amigos fora dos relacionamentos, sair sozinho e ter uma rotina diferente da pessoa que estamos juntos.
      Acredito que devemos mesclar as vidas, acrescentando as coisas boas em nossa rotina. Mas, sem sufocar.
      Sua namorada gosta de atenção? Quem não gosta?!
      Mas, me parece que ela não deixa você ter um vida além dela. Aí eu te pergunto até que ponto você vai aguentar?
      Estudar na mesma faculdade, não vejo problemas. Assim como fazer o percusso juntos, mas acho que você deve ter seus amigos e ela os dela.
      Se isso estiver te sufocando demais… o que parece, converse com ela. Explique que querer ficar um pouco sozinho, quieto e com seus amigos não significa que você não a ame. Apenas que os dois merecem ser seus espaços!

      Boa sorte!

  17. Namoro a mais de 4 anos, conheci ele no ensino médio e agora fazemos faculdade. Já enfrentamos muitas brigas (isso é obvio pq existe e também adolescente é sempre uma explosão rs), também tivemos e ainda temos momentos legais… mas tem algo que me magoou muito, o que aconteceu acabou ocasionando muitas brigas, e ai sempre relembro esse fato na minha cabeça, parece que não consigo esquecer.
    Tinhamos feito arrecem 1 ano, ele foi pra faculdade e eu ainda estava no 3 ano do ensino médio, ele havia me prometido que faria amizade com garotos e se fosse com meninas seria aquela amizade de estudos mesmo, mas ele acabou fazendo amizade com uma garota que segundo ele era super querida e só cia de estudo, acontece que ele não dividia isso comigo, ele não me contou que havia feito uma amiga e que conversava com ela na facul, eu descobri pela net quando via o face dele estava lá as conversas, não tinha nada demais.. perguntei a ele quem era ela, isso foi o que me magoou, ele comparou ela a mim, disse que ela era magrinha como eu, tinha a mesma cor do cabelo e inclusive o pai dela tinha um carrão, e ainda fez gracinha dizendo que eu estava com ciume, fui olhar o perfil dela e ela tinha namorado isso me deu um certo alivio…segundo ele eles eram apenas “colegas”, mas depois daquelas palavras é obvio que eu fiquei mexida e deixei de pensar nos meus objetivos pra pensar: nossa o que será que ele esta fazendo no intervalo..deve conversar com ela, contar como foi o trabalho, contar as dificuldades nos estudos, e eu? ele não conversa mais comigo como antes.. enfim, como isso estava me travando totalmente, eu pedi a ele para que deixasse de falar com ela, ele deu a palavra na minha frente que não conversaria mais, foi passando os dias e eu “acreditando” nele como uma tonta, ou seja = ele apagava as conversas do face que tinha com ela pra não me magoar, e ai ele veio conversar de novo comigo e disse que ainda falava com ela, nossa.. parece que meu mundo desabou, foi a primeira vez que ele mentiu feio pra mim e parece que cortou minha confiança =/ bom, ele me pediu uma segunda chance e disse que só queria me fazer sentir na pele o que eu fazia com ele quando falava ainda do meu ex, mas não acreditei muito nisso, na minha cabeça ele se interessou por ela, bom aí ele bloqueou ela do face dele e ele me jurou que não falaria mais, e que daria mais atenção a mim e ao nosso namoro.
    Sou a primeira namorada dele, estamos juntos e ainda terei que aguentar essa garota na mesma sala dele por mais 2 anos até eles se formarem. Estou sendo boba demais por ainda ter isso na minha mente e não confiar mais tanto nele como antes? será que realmente ele se afastou dela pra me fazer feliz? eu sei que ele me ama, ele mudou muito comigo *pra melhor* depois que dei a segunda chance, eu também o amo, só queria sei lá ter mais segurança, sabe? Eu sei que todos erram, e ele admitiu o erro. Obrigada.. quis desabafar um pouco…

    • Oi Karina, tudo bem?

      Olha eu não acho que ele conversar com uma menina e ter uma amizade com ela signifique um interesse. As pessoas na faculdade interagem, trocam experiências, fazem trabalhos em grupos e sentem a mesma dificuldade ali no dia a dia.
      Acho errado você restringir o contato dele, com “só tenha amigos homens”, “não converse com ele”, para mim é um pouco de imaturidade, mas sei que quando amamos ficamos um pouco cegos e temos medo de perder a pessoa.
      Ele ter entrado na faculdade, não significa que irá te trair… Se essa fosse a intenção dele, ele não precisaria estar na faculdade para isso…
      Fique calma Karina, se ele te ama, e você também o ama, confie!

  18. Olá… eu tenho um namorado. Estamos juntos a um ano. Depois de 5 meses começamos a discutir um pouco demais. Até o dia em que brigamos mesmo. Mas paramos e conversamos. Nos “acertamos”. Mas ele mudou muito suas atitudes. De pessoa querida, fofa, carinhosa, gentil, solidaria, bondosa… Passou a ser um idiota, parece que não liga p mim, tudo o que eu faço ta ruim, esnobe, egoísta. E ele ainda desrespeita meu irmão pequeno, vive chamando ele de mal educado, e desrespeita minha mãe. Mas um dia conversamos sério, e eu acreditei que tudo ia ser melhor. Mas no outro dia ja estava ruim. Quando conheci ele, eu realmente aceitei namorar, por que eu via nele a paz e a calma que eu não tinha. Vi nele um amor. Mas agora parece que esta sumindo. Mas eu realmente gosto muito dele. Muito mesmo. Mas isso esta me consumindo agora. O que eu faço? Ja é o quarto namorado… não gosto de ficar nessa “sofrência”, mas também não quero magoa-lo… Poderia me dar um conselho?😦 Obrigado! Beijos.

    • Letícia, bom dia!
      Todos temos dias ruins e dias bons, e mais cedo ou mais tarde a primeira briga no relacionamento vai acontecer… O que me parece muito estranho é que logo após a primeira briga seu namorado mudou de comportamento com você, mesmo depois de vocês terem se “acertado”.
      Você gosta dele, isso só é um ótimo sinal, que mesmo com tudo isso que tem acontecido, o sentimento ainda continua aí dentro de você.
      Mas, eu acho que vale uma conversa franca. Expor suas mágoas, o que tem te deixado chateada e deixar tudo as claras. Se ele gostar de você, como você gosta dele, ele vai estar aberto a te ouvir, o que já é muito importante.
      Veja também o que ele pensa e sente. Sejam francos e honestos um com o outro, mas principalmente com os seus sentimentos e sua essência.

      Boa sorte!

    • Querida, lamento pela sua situação, já passei por isso algumas vezes. Te digo compropriedade: ele está com você por comodismo, porque quando o homem ama, é apaixonado pela mulher, ele é “bobo” por ela. Quando está nesse nível, grosseiro, indiferente, é porque simplesmente não está mais afim e não termina porque homem é muito acomodado, não se sente na obrigação de terminar para ficar com outras mulheres, acreditam que podem manter mais de um relacionamento, ou ter uma “fiel” e as outras na rua. Então para eles não faz muita diferença. Se esse rapaz não respeita sua família, termine hoje! Pois na hora que você terminar, das duas uma: ou vai se lixar e depois de 2 dias esfregar na sua cara que já está com outra (esteja preparada) ou vai se sentir ferido no lado “macho” dele, de mesmo sem te querer, ferir o orgulho, e pode se tornar agressivo ( não ponha a mão no fogo por ninguém). E se sua família, que seria o polo de segurança para você, ele já não respeita, na hora da raiva, pode se revelar uma dor de cabeça séria para você. Tive um namorado que era um fofo, um anjo, namoramos por 8 meses mas o chama esfriou, terminei com ele numa boa, explicando, lamentando e propondo sermos amigos, pois realmente gostava muito dele como pessoa, me deparei com outro ser humano, não “aceitou” o término, foi agressivo, me perseguia, me ameaçou de tudo (agressão física e morte), tentou até pular o muro da minha casa de madrugada (mesmo com cachorro bravo solto), ou seja, totalmente fora de si. Aí nessa hora faz uma covardia e mata, se arrepende depois mas a mulher já está debaixo do chão. Se eu fosse você, terminaria amigavelmente, num lugar onde houvesse outras pessoas (algum homem, parente seu). E se faz de triste por terminar, lamente, porque se ele vir em você alegria, alívio, o orgulho se fere e ficam perigosos. Nos bastidores, você vai chorar, sofrer, sentir falta, mas o tempo vai passar, e mais na frente você sentirá orgulho de você, de sua atitude. E quando conhecer um homem que te ame de verdade, vai sentir raiva de como deixou alguém te desvalorizar tanto. Qualquer coisa, estarei aqui😉

  19. Beem! Sou casada a dois anos mais nao confio em ninguém mt menos nele, brigamos praticamente toda semana -_- Mas em fim gosto mt dele e ele diz que gosta de mim, Só que toda vez que brigamos ele fala que nós nunca vamos da certo, que eu que começo tudo e coisas do tipo em fim isso me magoa mt pq a culpa vem pra cima de mim sempre 😦 Quando estamos de bem somos mts apegados um ao outro e nao sei se devo ou nao continuar com ele, passa mil coisas na minha cabeça ;( sla que faço as vezes quero, as vezes nao , e em fim por causa disso estou sofrendo e vivo com a cabeça cheia de caramiolas:/ As vezes acho ele meio frio, meio sem geito, parecemos até dois estranhos !!
    Em fim quero um conselho precisoxde alguém as vezes me sinto mt só mas alem de tudo como ja disse gosto dele: (

    • Karine, não adianta procurarmos um relacionamento perfeito. Ele não existe… Mas, pelo que você contou o principal vocês tem no casal, que é o amor.
      Talvez vocês estejam precisando conversar mais, sair, relaxar e até mesmo sair da rotina. Acho que não falta confiança, mas sim motivos que os levem a continuar juntos além do gostar.
      Se vocês estão juntos é por algum motivo em especial. Se lembre dos motivos e dos bons momentos, coloque numa balança e procure pensar nos pontos positivos!

  20. Oi, o texto é bem longo, mas acho que só vc pode dar uma luz no meu caminho, rs.
    Eu tenho 18 anos e minha namorada 20, eu namorava com ela há uns 3 meses quando descobrimos que ela estava grávida, hoje em dia nosso filho tem 4 meses e estava tudo as mil maravilhas antes dela me contar um pouco mais dos relacionamentos antigos dela. Há uns 2 meses atrás, e estava sem celular e peguei o dela para fazer uma ligação, e vi um cara dizendo “oi amor, quando da para você vir aqui em casa?”, estranhei muito, mas ela me disse que era só um amigo, mas em seguida eu salvei o número e pedi para um amiga falar com ele e tentar obter informações. Ela que pouco de eu conhecer minha namorada, ela queria ficar com esse cara mas ele não dava bola pra ela (ai logo pensei, será que ela me usou pra esquecer ele?), mas agora ele tava querendo ficar com ela (mesmo sabendo que ela tinha filho e namorado) e já há uns dois meses papeando ela. Guardei a info e esperava que ela mesma fosse me contar, mas que nada. Durante um mês mais ou menos teve um cara que ligava para ela e quando eu perguntava quem era, ela dizia que era um conhecido.
    Certo dia fiz outra ligação e vi um outro cara que ela tinha cnhecido no facebook dizendo “Você é toda branquinha, posso ver seu mamilo rosa?” e ela apenas rindo como resposta. Aí surtei, e joguei toda a merda no ventilador e conversei com ela e ela confirmou toda a historia, e que esse cara que mandou a msg do mamilo estava apenas brincando (porém acho que não, pois recentemente vi que ele mandou um audio ‘triste’ pois ele queria muito ver ela mas ela não podia, etc). Conversa vai conversa vem e fiz ela me contar dos relacionamentos anteriores delas. Bom, ela já foi amante de 4 homens (sendo que 3 eram da casa dos 30 e um da idade delas), e um deles ela conheceu no estágio que ela fazia e o outro era professor da escola dela. O do estágio, tinha mulher e um filho recém-nascido e ela não se importava com isso (na realidade, até esperava que ele deixasse a mulher para ficar com ela). O Professor, que na epoca tinha 31 e ela 17, tinha um filho com uma aluna de 16 anos o qual ele nem se importa (ela não me contou essa do professor, descobri pois adicionei a mãe da menina que ele tinha engravidado e ela me contou tudo que ocorreu, fui confirmar com minha namo e ela confirmou que sabia de tudo na época do namoro, inclusive que ele só dá 300 reais por mês para ajudar a criança de 2 anos mas não a visita, e ela disse que não se importava pois gostava muito dele), esse professor era o mesmo que ficava ligando pra ela, pois ele tava com vontade de ficar com ela de novo (isso foi a amiga dela que me contou)!!! O que tinha quase a mesma idade dela, ela foi a amante oficial: toda namorada que ele tinha ele traia com ela (isso descobri num conversa de facebook dela com ele).
    Para mim, um tipico CDF melhor aluno da sala de Eng. Eletronica, que beijou apenas 4 meninas na vida e só namorou 3, é muito estranho saber que sou o 12° namorado dela e que ela já ficou com tantos meninos que nem lembra, ou mesmo se lembra quantas vezes disse Eu te amo (eu só disse para ela em minha vida toda!). Também foi muito ruim saber que ela se envolvia com esse tipo de homem, e sendo ciente de tudo, não tiro a responsabilidade desses homens, e digo que eram todos mal-carater, sem empatia e egoístas, mas aceitar uma situação dessas e ainda manter contato com alguns deles até hoje, pra mim é uma atitude tão mal-carater, sem empatia e egoísta quanto a deles!
    Ainda mais com esse professor, um criminoso que engravida uma menor de idade e depois a abandona! E ela praticamente o defendeu quando fui abordá-la, pois disse “Quem nunca errou nessa vida?” Isso não é um erro, é um crime! E sabe-se lá o que ele dizia para ela no telefone!
    È isso que me faz sofrer no momento, nunca fui um cara ciumento e sou muito tranquilo, mas esses meses fiquei muito descontrolado e me sinto um monstro, hackeei o facebook dela e as vezes mexo no celular dela sem ela saber (inclusive, hoje li que ontem ela sonhou que estava um cara que ela era afim no passado, quando para mim ela disse que tinha sonhado comigo!). Sei que isso é muito errado, e me sinto horrível por fazer essas coisas, mas decidi parar de investigar a vida desses exs (pois para mim, saber quem ela já se envolveu ajuda a saber quem ela é. Mas o que acontece é que acabo me machucando mais e mais), contei tudo o que fiz pra ela, e ela disse que entende pois foi muita informação para minha cabeça.
    Mas o mais triste e ver que ela não se arrependeu desses caras pois ela me disse que quando gosta de alguém, não importa se a pessoa já tem uma relação, apesar de ela mesma admitir que isso é errado.
    O fato, é que perdi quase toda a confiança que eu tinha nela, mas ainda a amo e quero ela muito bem e perto de mim e de nosso filho. Queria então que você me desse uma luz. Qual a sua opinião sincera sobre a índole dela? O que acha que devo fazer para recuperar minha confiança nela, ou será que ela merece essa confiança? Acha que ela me entende ou só quer evitar brigas para evitar que nos separemos e ela cuide sozinha do bebe?
    Só de pensar em ficar longe dela e do meu filho, meu coração se quebra em 1000 pedacinhos….
    Te agradeço muito por ler até aqui.

    • Bom.. queria saber o que te dizer de verdade, mas não sei.
      Vou te falar por mim, pela minha índole e caráter.
      Eu, Fernanda, acho que você só traí uma pessoa quando não encontra mais nela tudo que te agrada, a partir daí, acho mais válida uma conversa franca e as vezes até um rompimento, do que uma traição por seu parceiro não te satisfazer mais, agradar, ser o que você quer…
      Acho muito mais honesto terminar um relacionamento sem mentiras, do que perder a confiança. Pois, para mim confiança é a base de todos os relacionamentos, seja amorosos ou não…
      Você me passou que perder a confiança nela, por vascular computador, celular, vida… acho que você fez por amor e não julgo, apesar de que não faria igual.
      Se você acha que não merece uma pessoa assim não tenha medo de encarrar seu próprios sentimentos e vontades por medo de perder seu filho. Pois filho é um elo eterno que ninguém pode destruir. Você será sempre presente, se quiser.
      Pelo que você escreveu, você me parece ser uma pessoa doce e sensata e que sempre vai estar dele.
      Pare, pense o que você quer para você, para seu filho e sua namorada. Só não se culpe por erros dela, e muito menos não viva o que não quer para sua vida.

      • Fê, obrigado por tudo que você escreveu! Esclareceu muita coisa na minha cabeça.
        Pensei muito e talvez seja melhor para e para ela terminarmos enquanto ainda temos respeito e amizade pelo outro, pois penso que no futuro as coisas serão mais complicadas.
        Contudo, não tomarei nenhuma decisão agora, farei isso somente quando o bebê tiver mais de 1 ano e pouco pois tenho medo de sobrecarregá-la psicologicamente com todo o estresse e problemas de mãe.
        Amo muito ela, mas não consigo confiar muito no que ela diz e acho que realmente ela não é certa para mim. Desejo todo o bem do mundo para ela, e quero que fique tudo bem entre a gente.

  21. Ola.. Eu e minha namorada estamos juntos a mais ou menos 3 anos, porem agente briga muito… Não consigo confiar nela, parece que esta sempre de segredos comigo, eu sou uma boa pessoa pra ela, tudo que eu posso fazer pra ajudar eu fasso. Ela ficava sempre de conversas com outros no celular mais eu nem dava bola no comeco mais entao um dia eu vi que ela tava cheio de mensagens com um monte de homens chamando ela pra sair… Entao mandei ela trocar de celular que eu não queria mais aquilo, ela trocou… Mais passados algumas semanas descubro q ela ainda estava com o mesmo numero e alem do mais com as mesmas conversas com homens… E entao agente terminou e voltamos novamente so que agora nao consigo mais confiar em nada que me fala
    O que devo fazer??

    • Roger, situação difícil… Acredito que quando estamos com uma pessoa, temos que respeitá-la e respeitar o relacionamento que ambos aceitaram ter. Quando isso não acontece, não vejo muito sentido em estar junto.
      No caso de mentiras e desconfianças a situação piora muito. Pois como estar com alguém que não se confia. E no caso a pergunta que fica na minha cabeça é “porque ela troca mensagem com outros homens”. Acho que precisa ver qual o conteúdo das mensagens, é um homem chamando uma mulher para sair, ou um amigo convidando uma amiga. Caso for o segundo caso não vejo problema nenhum, até acho saudável. Depois disso acho que vale pensar “o que vc quer para sua sua vida”, coloque na balança. Veja pontos positivos e negativos e o que está pendendo mais.
      Só depois, de cabeça fria, tome alguma decisão!
      Boa sorte!

  22. Tenho um relacionamento com uma mulher manipuladora no qual ela pode tudo e eu nada. Agora está me exigindo que eu largue meus filhos e mãe doente e se case com ela…Caso não faça acaba tudo. Não sei aonde as pessoas estão com a cabeça de querer ser únicos e mais importante que todos. Afinal é mais fácil cobrar e chantagear do que reconhecer os próprios erros e mudar…só acho que alguém que exige isso não ama e nem tem medo de perder…pq amores vem e vão agora mãe e filhos dão eternos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s